Guia de Temas Mensais

VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL

O Guia de Temas Mensal visa promover um maior aprofundamento nos momentos de reflexão em grupo, pois estes são importantes para a formação e o crescimento integral individual e do grupo no despertar e fortalecimento da fé e da doutrina da Igreja. O Guia de Temas Mensais é um apoio no trabalho de Evangelização através da Capela Peregrina de Nossa Senhora de Guadalupe.

Acompanhe mensalmente o Tema do mês nesta página.


Agora você poderá também efetuar o Download dos temas e salvar os arquivos em Word.

Faça download aqui.

1 de jan de 2018

Tema Mensal - Janeiro - 2018
(Ano - B)

“Eis meu servo ... meu eleito, a quem dou toda a minha afeição.
Faço repousar sobre Ele meu Espírito” (Is. 42.1)

“Tu és o meu Filho muito amado, em Ti ponho minha afeição”. (Mc. 1.11)

A festa do Batismo do Senhor, que os orientais chamam “Santa Teofania” (Santa Manifestação de Deus), é celebrada por nós logo a seguir à Solenidade da Epifania, que é, como todos sabem, a manifestação do Senhor aos gentios que viram a sua estrela no Oriente e O vieram adorar em Belém. O Batismo no rio Jordão, que inaugura a vida pública do Senhor, é a sua manifestação ao Povo de Israel como Filho e Servo de Deus e também como novo Israel, novo Moisés e novo Adão.

Finalmente, nas bodas de Caná, Jesus manifesta a sua glória aos discípulos, núcleo primordial da Igreja, deixando-Se entrever como noivo que a desposará no tálamo da Cruz.

Estes três momentos anunciam e cumprem-se na grande manifestação que é a sua Morte e Ressurreição.

Sem a luz da Páscoa, nem as bodas de Caná, nem o Batismo, nem o Presépio podem ser lidos plenamente como epifanias do único Mistério de Cristo, porque é para ela que apontam e é dela que falam estes e os demais Mistérios da sua vida. É na Páscoa de Jesus, na sua Morte e Ressurreição, que nós somos mergulhados quando recebemos o Batismo e somos sacramentalmente sepultados com Ele, para com Ele ressuscitarmos e vivermos a sua mesma vida de Filho de Deus, como novas criaturas.

O Batismo do Senhor é também, nas Escrituras, a primeira manifestação mais explícita de Deus Trindade Santíssima: sobre Jesus Cristo, o Filho de Deus feito homem, mas permanecendo Deus verdadeiro, faz-se ouvir a voz do Pai e desce o Espírito Santo, visível em forma de pomba. O amor e a comunhão das três Pessoas divinas manifesta-se ali para serem comunicados àqueles que, acreditando em Jesus, serão batizados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Filhos no Filho, eleitos no Eleito, ungidos no Ungido, amados no Amado, batizados n’Aquele que é a Fonte da Vida, contemplemos o Mistério do Batismo do Senhor, que nos revela e introduz no Mistério de Deus Trindade Santíssima e nos ajuda a viver o nosso próprio Batismo.

Escutemos a voz do Pai, abramo-nos ao Espírito que deseja descer e permanecer em nós, unamo-nos ao Filho Unigênito que é também o Servo e o Cordeiro de Deus.
“Sucedeu que, naqueles dias, veio Jesus de Nazaré da Galileia e foi batizado por João no rio Jordão. Ao subir da água viu os Céus abrirem-se e o Espírito, como uma pomba, descer sobre Ele. E dos Céus ouviu-se uma voz: 

“Tu és o meu Filho muito amado, em Ti ponho toda a minha complacência”
(Mc. 1.9-11)   (...)

O Batismo é o Sacramento da Fé. Fomos batizados em Cristo, na sua Morte e Ressurreição para nos tornarmos filhos de Deus.

Fomos batizados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, em nome da Santíssima Trindade, Deus Uno e Trino, fonte de vida e de amor, para sermos Igreja, expressão humana desta mesma comunhão divina.

O mesmo testemunho do Pai que ressoou no Batismo de Jesus, é-nos dado também pelo Espírito Santo que habita em nós como num templo, que ora em nós e nos guia como mestre da vida interior.
         
Imagens da Fé - Percursos iconográficos teológicos e pastorais - D. João Marcos

PROPÓSITO DO MÊS

MEDITAR E REFLETIR:
“Que realidade sublime, recebemos no Batismo! Tornamo-nos participantes da natureza divina! O Céu, a comunhão divina de Amor que Deus é, vem habitar em nós! É necessário e urgente vivermos conscientes do que somos e traduzirmos no concreto do nosso agir, esta vida divina.”  ( D. João Marcos)

INTENÇÃO MENSAL
Oferecimento da oração do Santo Terço à Santíssima Virgem Maria, “... para que nos países asiáticos, os cristãos, bem como as outras minorias religiosas, possam viver a sua fé com toda a liberdade.” (Papa Francisco)

PARA APROFUNDAR
Imagens da Fé - Percursos iconográficos, teológicos e pastorais - D. João Marco   

*A obra que ilustra o Tema Mensal de Janeiro 2018, é de Pe. Marko Rupnik - Está em Zaragoza – Espanha.
                                                                                                                        
 (M.C.V.F.)

Baixe este e Temas de meses anteriores - Arquivos em Word

Apostolado Virgem Peregrina da Família
www.virgemperegrina.org.br